Ano novo. Tudo novo.




      2015 está indo e, como sempre, 2016 chega com milhões de promessas: "esse ano eu emagreço", "esse ano eu aprendo línguas", "esse ano eu me dedico" (...).

     Aprendi uma coisa que pra mim valeu ouro: 2016 não vai mudar nada se nós não decidirmos mudar. Meu ano novo pode começar agora, amanhã, depois de amanhã, ou daqui um mês. Todos os dias que nós decidirmos, é um novo tempo que começa.

     A decisão sempre vem seguida de uma ação. Portanto, não deixe que a chegada de 2016 seja como toda segunda-feira de dieta: cheia de promessas. Faça desse dia, dessa virada, mais do que apenas uma mudança no calendário. Se você acha que precisa de movimento, movimente-se. Se deseja continuar como está, apenas prossiga caminhando. 

     A verdade é que essas escolhas são suas, e só suas. E, se caso algo der errado no meio do percusso, lembre-se que o sol sempre volta a nascer e um novo dia recomeça. Sempre será tempo de reiniciar e você não precisará esperar pela chegada de 2017 pra isso. Só depende de um passo seu ;)

      Ame. Abrace. Perdoe. Sorria. Dance. Grite. Alegre-se. Movimente-se. Viva! E seja feliz. 2015 foi demais. 2016 pode ser melhor ainda, dependerá de mim pra que isso aconteça. Das minhas escolhas, das minhas ações. Obrigada, Senhor, por esse ano! Que ano que vem seja ainda mais abençoado, sempre no centro da vontade de Deus.

       Feliz ano novo! 



       

Comentários

Postagens mais visitadas