Aprenda a reconhecer o amor.




   Aprenda a reconhecer o amor. O amor não é algo que se coloca em uma caixinha, não existe uma fórmula para dizer como se deve amar. Não se pode dizer qual é o jeito certo de amar. Ele pode estar em pequenos gestos, em atitudes, em grandes demonstrações ou em pequenas frases corriqueiras. Ele pode estar no cuidado, no carinho, na preocupação, na ligação, na mensagem de texto ou naquela única palavra dita. Pode ser tudo junto, pode ser uma coisa só.

   Maturidade não é mudar para amar o outro como ele deseja. É aceitar um ao outro da forma como ele é, com a sua própria linguagem de amor. É saber ouvir quando o outro disser "eu te amo", mesmo que não seja com palavras. 

   Pare de tentar colocar regras no amor. Quem disse que, se ele não ligou, quer dizer que ele não se importa? E quem disse que ele precisa ser o homem mais romântico do mundo? O romantismo dele pode ser diferente. 

   Claro, fazer algo para agradar o outro de vez em quando é muito legal. O problema é que nós nos acostumamos com essas atitudes e colocamos um fardo pesado de que ele precisa ser assim. Essa não é a pessoa com quem você está e ele pode até mudar por um tempo, mas não será pra sempre. E nós ficamos infelizes porque idealizamos um amor que nunca receberemos.

   Não queira ser amado da maneira que você quer. Queira ser amado de verdade. Você pode escolher ser feliz reconhecendo o amor de quem está com você. Seja leve, seja você. Aprender a conviver um com o outro é o segredo de prosseguir. Conhecer as falhas e as qualidades e saber exaltá-las além dos defeitos. Esses todo mundo tem, a maneira como você os vê é que faz a diferença.

   Entenda. Procure. Reconheça onde está o amor. Vale a pena lutar por ele, acredite. 

"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece. Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal. Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 1 Coríntios 13:4-7"





Comentários

Postagens mais visitadas