Destino: Joinville - SC



      Nesse período do ano, mais precisamente em julho, Joinville fica tomada por bailarinos e faz realmente jus ao nome "Cidade da Dança". É que esse é o período que acontece o tradicional Festival de Dança, já na sua 34ª edição. Vem bailarino de todos os cantos do Brasil e de fora do país também. É muito en dehors por metro quadrado!
       Esse é o meu terceiro ano no evento, dançando nos palcos abertos e fazendo cursos, sem contar apreciando as lindas apresentações dos competidores à noite.



       A rotina é frenética! Acordar às 7h da manhã, curso de manhã, apresentações à tarde e as competições à noite. A gente literalmente saía cedo e voltava só no fim do dia para a casa. Nos últimos dias cada centímetro do corpo dói de tanta dança, mas vale a pena cada instante e cada conhecimento absorvido.


        Fazer curso na escola Bolshoi é um sonho pra qualquer bailarina! Entrar naquelas salas todas espelhadas com o piso perfeito e piano (ah, o piano!) te faz realmente viver um conto de fadas bailarinístico.

        Sem contar as pessoas que conhecemos! Eu e a Niara (minha companheira de aventura) nos enfiamos em uma rodinha onde eles estavam brincando de algo muito legal pra aprender a brincadeira. Fomos aplaudidas por todos :D ahaha



          Pra você que tem curiosidade de saber como é, nós gravamos tudo em um vlog e você pode ver os lugares, os palcos e um pouco da rotina. Confira:




          Se você é bailarino e pretende ir ano que vem, aqui vai algumas dicas:


  • Faça cursos! O curso, de tudo, é o que mais vale à pena. Dançar nos palcos abertos é legal (no principal então, é uma emoção sem fim), mas não perca a oportunidade de absorver conhecimento novo. Aquelas salas são mágicas, acredite em mim.
  • Leve dinheiro para gastar na feira da sapatilha. Lá você vai encontrar sapatilhas de ponta por R$30,00. Sim, exatamente isso!! Se der sorte de achar seu número e modelo, se joga! A feira é bem estilo feirão ponta de estoque MESMO, tem muita coisa boa, muita coisa mais ou menos, muita coisa barata e coisa cara também. Em geral, os preços são menores que nas lojas e chega a bater até o preço de fábrica, dependendo da peça. Então, separe uma grana para renovar seu guarda-roupa bailante. 
  • Adquira uma bolsa que dê para distribuir o peso nos ombros. Aquelas bolsas que pesam um lado demais não são ideais, isso porque provavelmente você não vai ter tempo de voltar para o hotel ou para a casa onde está hospedado e terá que levar tudo o que precisa nesta bolsa. Se for dançar então, terá que carregar maquiagem e figurino. Pense em um facilitador para carregar tudo isso. 
  • Reserve tudo com antecedência. Não deixe a reserva do hotel ou da casa para a última hora. Geralmente os grupos reservam um ano antes e acaba tudo muito rápido. Se planeje e já  faça suas reservas para pegar coisa boa, barata e próximo ao Centreventos (tudo se concentra lá).
  • Fique atento ao site. Assim que os cursos forem liberados, corra pra comprar no MESMO dia. Se deixar para amanhã já acabou. O mesmo vale para os ingressos das noites de espetáculo. Para pegar os melhores lugares, tem que ser ligeiro (kkk).

      Bom, é isso. Espero que tenham gostado e qualquer dúvida é só deixar nos comentários. 
      Um beijo e até a próxima ;*


Comentários

Postagens mais visitadas